MatosinhosHabit iniciou segunda fase de consultas públicas de subarrendamento do programa “Matosinhos: Casa Acessível”

No seguimento do programa municipal “Matosinhos: Casa Acessível”, a MatosinhosHabit tem a decorrer uma segunda fase de consulta para subarrendatários para habitações de renda acessível, em regime de subarrendamento.

Neste sentido, e até ao próximo dia 15 de agosto (domingo), todos os interessados poderão candidatar-se ao subarrendamento de 9 frações, arrendadas pela autarquia matosinhense e que têm com destino a habitação própria e permanente de agregados familiares do concelho.

Segundo sublinha Tiago Maia, administrador da MatosinhosHabit, «esta será mais uma oportunidade para os nossos munícipes terem acesso a várias tipologias de habitação em condições mais favoráveis, possibilitando assim que todos tenham as mesmas hipóteses de ter uma casa com uma renda justa e à medida das suas necessidades.»

Quanto ao valor das rendas, o mesmo será determinado pela MatosinhosHabit, tendo em consideração uma renda máxima previamente estipulada e uma eventual aplicação do subsídio de renda, de acordo com os rendimentos apresentados pelo agregado familiar.

As candidaturas a esta fase do programa “Matosinhos: Casa Acessível” deverão ser submetidas através de formulário eletrónico disponível em www.matosinhoshabit.pt/, no entanto, é também possível o envio de candidaturas através de correio convencional.

A atribuição de residências será realizada através de sorteio, sendo que cada candidato apenas terá direito a submeter um formulário e a concorrer a um máximo de três habitações distintas, indicando, obrigatoriamente, a sua prioridade.

Os resultados do sorteio e da selecção dos candidatos ficarão disponíveis para consulta no site da MatosinhosHabit, em data a anunciar.

Para mais informações: geral@matosinhoshabit.pt ou 229 399 990.