Conjunto Habitacional da Guarda – Primeiro lote de habitações alvo de reabilitação
Seis habitações do Conjunto Habitacional da Guarda, em Perafita, estão a ser algo de uma empreitada de reabilitação com o objetivo de melhorar a sua eficiência energética.
A intervenção, no valor de quase 260 mil euros, arrancou em finais do ano passado e deverá estar concluída no final deste ano.
A Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, e o administrador da MatosinhosHabit, Tiago Maia, deslocaram-se a Perafita para acompanhar as obras em curso no Conjunto Habitacional da Guarda.
Entre os trabalhos previstos, destaque para a colocação de isolamento térmico ao nível da cobertura e fachadas, substituição de todas as caixilharias, instalação de sistemas solar térmicos para aquecimento de águas sanitárias, instalação de rede de abastecimento de gás natural, e a revisão das redes de abastecimento de água e eletricidade e drenagem de águas residuais.
A intervenção prevê ainda a reformulação da instalação sanitária situada no r/c e a uniformização dos logradouros, com a demolição das construções existentes e a construção de uma garagem.
A reabilitação destas seis habitações corresponde à primeira fase de uma empreitada mais abrangente no Conjunto Habitacional da Guarda. Para a segunda fase está prevista a reabilitação de 32 habitações. A elaboração do projeto encontra-se na sua fase final. Em breve será lançado o concurso público para a execução da obra.
Estes procedimentos e empreitadas estão integradas na Estratégia Local de Habitação de Matosinhos, no âmbito do Programa Nacional “1. Direito”, que terá comparticipação por parte do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana – IHRU.
Durante a visita, a Presidente da Câmara, Luísa Salgueiro, esteve reunida com os moradores para ouvir e partilhar algumas informações sobre a empreitada em curso e projetos que estão a ser desenvolvidos para melhoria da qualidade de vida dos moradores.