A MatosinhosHabit encerrou o primeiro ciclo online de Conversas “Fique em Casa” com um saldo muito positivo em termos de alcance, com 127.300 (mil) pessoas. Nas interacções estiveram envolvidas 7382 (mil) pessoas durante as quatro semanas da iniciativa.

Desenvolvida em parceria com a Câmara Municipal de Matosinhos, esta nova rubrica contou com um leque variado de convidados e entidades intervenientes que abordaram, durante várias semanas, temas estruturantes na sociedade, tendo em conta também o actual estado de pandemia provocado pelo novo coronavírus. Em destaque estiveram temas como a educação financeira, a saúde sexual e mental, o envelhecimento ativo, o apoio ao doente oncológico, a deficiência, a poupança energética, a sustentabilidade, a arte urbana, os cuidados com os animais, a literacia digital, o cyberbullying, o bullying, entre muitos outras temáticas.

Tiago Maia, administrador da MatosinhosHabit, explica como surgiu a ideia de criar este Ciclo de Conversas: «Numa altura em que o país vive um momento delicado, devido ao surto de COVID-19, e numa época em que o medo, as limitações e o isolamento social imperam, são várias as instituições locais que continuam o seu trabalho próximo da comunidade local. O Ciclo de Conversas: “Fique em casa” surge neste contexto e pretendeu divulgar entidades parceiras da MatosinhosHabit e as suas diversas iniciativas.»

Foram vinte as instituições locais envolvidas nesta iniciativa conjunta com a MatosinhosHabit que «procurou, acima de tudo, informar e clarificar os assuntos que atingem o quotidiano da nossa população e que mereceram, através destas sessões, uma discussão mais qualificada. Era nosso intuito responder a algumas questões da nova realidade pandémica e como a mesma tem afetado toda a sociedade», referiu Tiago Maia.

O Ciclo de Conversas “Fique em casa” foi transmitido em direto através das plataformas Facebook, Youtube e LinkedIn. Foram mais de 600 minutos de partilha de boas práticas e de vinte conversas, com cerca de 30 minutos cada, em que todos contribuíram com intervenções em cada uma das suas áreas de atuação.

«A MatosinhosHabit tem desenvolvido, com as Instituições locais, ações de proximidade e um trabalho em rede que potencia um conjunto de iniciativas que visam contribuir para o bem-estar e qualidade de vida da população. No fundo, foi isso que quisemos também “transportar” para este Ciclo de Conversas», sublinha Tiago Maia.