A MatosinhosHabit assinou recentemente a Carta Portuguesa para a Diversidade, uma iniciativa da Comissão Europeia. Destacando a diversidade como um fator de diferenciação competitiva, esta Carta tem como objectivo incentivar empregadores a implementar e desenvolver políticas e práticas de promoção da diversidade.

Atenta à importância das questões relacionadas com a igualdade de oportunidades laborais, a MatosinhosHabit aderiu à Carta Portuguesa para a Diversidade com o intuito de promover uma força de trabalho inovadora, criativa e diversificada.

Tiago Maia, administrador da MatosinhosHabit, sublinha: «a adesão à Carta Portuguesa para a Diversidade por parte da MatosinhosHabit é o assumir de um compromisso consciente perante a existência de pluralidade na nossa sociedade. Isso significa respeitar os colaboradores, os utentes e demais agentes nas suas diferenças, apoiando a inclusão e a tolerância com as suas multiplicidades culturais.»

Criada pela Comissão Europeia, a Carta Portuguesa para a Diversidade apresenta-se como um documento onde constam as assinaturas de empregadores de vários setores, ao mesmo tempo que destaca uma série de medidas que podem ser fomentadas no sentido de impulsionar o respeito e a valorização das diferenças entre indivíduos, nomeadamente no âmbito da orientação sexual; identidade de género; origem cultural, religiosa, étnica e social; idade; estado civil; características físicas; orientação política, ideológica ou social; situação familiar e económica; estado de saúde; ascendência; nacionalidade; estilo pessoal e formação; e deficiência.

O intuito deste manifesto passa ainda por salientar que as políticas de diversidade implementadas em cada instituição reconheçam, compreendam e valorizem o que diferencia cada pessoa, tendo em conta, acima de tudo, o seu potencial de inovação, criatividade, resolução de problemas e envolvência.