No âmbito da Estratégia Local de Habitação para Matosinhos, acaba de ser assinado um acordo entre a Câmara Municipal de Matosinhos (CMM) e o Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) no valor de 57 milhões de euros. O financiamento decorre no âmbito do programa “1º Direito”, desenvolvido em colaboração com a MatosinhosHabit.

A empresa municipal MatosinhosHabit, em parceria com a CMM, será uma das grandes responsáveis pela gestão deste acordo que, nos próximos cinco anos, prevê um elevado investimento na habitação do concelho, promovendo residências qualificadas e soluções alternativas de valorização do parque habitacional local.

Tiago Maia, administrador da MatosinhosHabit, salienta que «o nosso principal objectivo é apoiar a população e facilitar o acesso dos munícipes aos diversos serviços e programas existentes para o efeito, proporcionando-lhes assim uma maior qualidade de vida. Com este apoio, pretendemos que nos próximos anos, as 1.691 famílias matosinhenses identificadas, possam contar com uma habitação digna onde possam viver com comodidade.»

Desenvolvido ao abrigo do “1º Direito”, o investimento em causa, visa, acima de tudo, desenvolver soluções habitacionais para os agregados familiares em condições precárias e que não tenham possibilidades financeiras para o acesso a uma residência adequada. Assim, e em função destas necessidades, estão previstas várias intervenções que incluem a reabilitação de frações ou de prédios habitacionais, a construção de prédios ou empreendimentos habitacionais, e a aquisição e reabilitação de fracções, de prédios degradados e de prédios para destinar a habitação.

Parte do montante do financiamento disponibilizado, cerca de 23 milhões de euros, será atribuído através de comparticipação financeira não reembolsável, sendo os restantes 28,7 milhões de euros, concedidos a título de empréstimo bonificado.