Fique em casa. Nós estamos ON!

Balanço dos últimos 30 dias

A MatosinhosHabit, na sequência do Plano de Contingência e em resposta à pandemia do Coronavírus – COVID-19, ativou, desde o dia 12 de março, um conjunto de medidas em estreita colaboração com a Câmara Municipal de Matosinhos e no seguimento da ativação do Plano Municipal de Emergência da Proteção Civil e das orientações emanadas pela Direção-Geral da Saúde.

Preocupada com a saúde e o bem-estar dos munícipes, a MatosinhosHabit implementou, no decorrente período, uma série de medidas de contenção do COVID-19, que espelham o zelo e a dedicação constantes em prol da comunidade, a saber:

  1. Procedeu-se ao encerramento das instalações da MatosinhosHabit (Loja de Habitação e Balcões de Atendimento Descentralizado), no dia 12 de março, por tempo indeterminado.
  2. Foi permitido a todos os trabalhadores, que reúnam essas condições, o regime de teletrabalho, bem como se assegurou os serviços do Piquete à chamada para as situações que se mostrem necessárias.
  3. Reorganizaram-se os serviços para que o atendimento não cessasse: via telefónica, e-mail ou por videoconferência. Estão garantidas todas as respostas da empresa, inclusive às emergências que requerem a intervenção do Piquete da empresa.
  4. Entre os dias 18 e 19 de março, foram contactados cerca de 900 idosos, com mais de 65 anos, que estavam sinalizados como elementos isolados. Destes, cerca de 130 não tinham qualquer retaguarda familiar, sendo agora acompanhados pela MatosinhosHabit.
  5. A MatosinhosHabit está a contactar três vezes por semana (2.ª, 4.ª e 6.ª feiras) os cerca de 130 idosos, residentes no Parque Habitacional Municipal ou beneficiários do Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento. A cada contacto é averiguada a situação de saúde e as principais necessidades, como bens alimentares e/ou medicamentos em falta. É também estabelecida uma conversa informal, para que seja reduzido o isolamento social.
  6. Diariamente, a MatosinhosHabit está a dar resposta a cerca de 100 chamadas telefónicas, entre esclarecimentos e atendimentos no âmbito dos processos que continuam a decorrer, como pedidos de Habitação, pedidos para o Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento, processos de Reabilitação Urbana e ainda ocorrências no parque habitacional, que são respondidas conforme o grau de urgência.
  7. A MatosinhosHabit simplificou a entrega de recibos do Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento (PMAA), através do website da Empresa Municipal: https://www.matosinhoshabit.pt/habitacao/programas/programa-municipal-de-apoio-ao-arrendamento/
  8. Criou-se uma nova plataforma de contacto com os serviços da MatosinhosHabit – Contacte a MatosinhosHabit – através do seu website. Este formulário oferece um interface gráfico para o envio de correio eletrónico.
  9. A MatosinhosHabit, dando continuidade à política de proximidade durante o período de Estado de Emergência Nacional, distribuiporta a porta o apoio à renda. São perto de 75 agregados familiares que recebem mensalmente, em numerário, a contribuição à renda. Muitos destes agregados familiares são compostos por elementos isolados, de idade avançada, e que durante o período da pandemia COVID-19 em Portugal vêem-se confinados às suas habitações, em isolamento social.
  10. A MatosinhosHabit reorganizou o seu Apoio de Informação Jurídica, disponibilizando-se, junto dos munícipes, a esclarecer todas as dúvidas referentes aos contratos de arrendamento privado, com acesso rápido e simples, através do contato 229 399 990.
  11. O Aconselhamento Económico-Financeiro, em parceria com a Associação IPSUM HOME, para famílias e empresas, encontra-se também disponível via telefónica, por e-mail ou por videoconferência, pois a MatosinhosHabit readaptou os seus serviços para que o atendimento não cessasse. As marcações devem ser feitas através do número de telefone 229 399 990 ou do endereço de mail:geral@matosinhoshabit.pt.

Estas medidas estão em vigor e prolongam-se por tempo indeterminado, sujeitas a avaliação permanente, em articulação com as orientações das autoridades de saúde. Reiteramos a necessidade impreterível de se reduzir os contactos sociais ao estritamente necessário, de manter uma higiene vigilante, afastando as mãos da boca, nariz e olhos. Todos somos agentes de saúde pública.

A MatosinhosHabit aproveita este momento para dirigir um OBRIGADO de reconhecimento aos profissionais de saúde, bombeiros voluntários, agentes das forças de segurança e controlo, trabalhadores municipais ou de outros setores, que continuam a recolher lixo, limpar as ruas quando é necessário, desinfetar equipamentos e espaços, realizar funerais, preparar processos e outros procedimentos, em alerta permanente para intervir em situações de emergência, distribuir refeições pelos carenciados e com a responsabilidade de informar e estar próximos.

Estende-se o agradecimento à equipa de apoio social em permanente alerta e a intervir sempre que para tal é solicitada, farmacêuticos e seus trabalhadores, trabalhadores dos lares, colaboradores dos supermercados, padarias, peixarias, talhos e demais estabelecimentos que estão abertos, agricultores, pescadores e trabalhadores da lota, conserveiras e a todos os outros que continuam a laborar e a produzir. Aos camionistas, a todos quantos continuam a manter o apoio a quem não pode sair de casa, comunicação social que nos informa com rigor, inúmeros voluntários que prestam apoio às pessoas, voluntários que passeiam os animais recolhidos, professores que asseguram as aulas das nossas crianças e jovens, famílias de todos os profissionais que estão permanentemente em risco e aos que estão em casa a partilhar o sofrimento de todos os outros, estaremos sempre gratos pela vossa dedicação.

A MatosinhosHabit deixa ainda um agradecimento aos autarcas das freguesias, seus colaboradores e voluntários que têm estado a intervir e uma especial gratidão à Proteção Civil e à sua equipa, permanentemente disponível.

Tudo isto, apenas é possível de corporizar pela grande dedicação e espírito de missão dos colaboradores da MatosinhosHabit, que se mantiveram firmes aos princípios da empresa, em circunstâncias especiais, respondendo com competência aos desafios que atualmente enfrentamos. Quer na sensibilidade para respostas sociais eficazes, quer para a adaptação da capacidade dos serviços, salvaguardando a segurança da população, disseram presente e foram responsáveis pela iniciativa que agora se descreve. A todos, um agradecimento pelo compromisso revelado.

Neste tempo de medo e de angústia, de ausência de abraços e de afetos, de falta de gente nas ruas, nas praças, nas praias e nos jardins, é o tempo de sofrimento, luta e resistência. É o tempo da determinação e da esperança no amanhã. É o tempo de acreditarmos que vamos conseguir vencer o inimigo. É a esperança de conseguirmos ultrapassar rapidamente este pesadelo. É o tempo e é o dia de agir como um todo, para que tudo corra bem.