Em apenas seis meses o programa de aconselhamento económico-financeiro lançado pela MatosinhosHabit em parceria com a associação Ipsum Home já apoiou 136 famílias.

A iniciativa, que começou em outubro e que tem revelado impactos muito positivos, tem como objetivo apoiar os inquilinos municipais que se encontram em situação de endividamento e particular vulnerabilidade financeira.

O programa permite que os inquilinos municipais que apresentem constrangimentos financeiros beneficiem de apoio na gestão e resolução dos seus problemas, fornecendo às famílias instrumentos que as ajudem a melhorar a organização e planeamento do orçamento familiar.

Entre o apoio que é dado destaca-se o diagnóstico da situação financeira dos agregados familiares, a elaboração de uma proposta de reajustamento financeiro e a sua respetiva execução e acompanhamento.

Com o objetivo de contribuir ativamente para a reeducação financeira das famílias, são ainda desenvolvidas ações de formação, em escolas e nos conjuntos habitacionais, com o objetivo de sensibilizar os munícipes para a importância dos conceitos de poupança e consumo consciente.

“Compreendemos que é na capacidade de trabalhar de forma multidisciplinar que reside o sucesso das políticas públicas. E é por isso que na MatosinhosHabit, para além da gestão do parque habitacional, nos empenhamos em encontrar e dar resposta às diversas necessidades dos nossos inquilinos”, sustenta Tiago Maia, administrador da empresa municipal de habitação.

Recorde-se que esta iniciativa, que pretende prevenir situações de pobreza e exclusão social, surgiu para dar resposta a um diagnóstico realizado pela MatosinhosHabit, que detetou a existência de agregados com carências económicas agravadas pela deficiente gestão do seu orçamento familiar.

A Ipsum Home é uma associação de direito privado e sem fins lucrativos que se dedica à promoção da literacia financeira e da sustentabilidade orçamental das famílias, promovendo o  aconselhamento, prevenção e acompanhamento do endividamento e a reeducação económico-financeira.