Realizou-se ontem, na Universidade de Aveiro, um seminário temático promovido pelo Grupo de Investigação em Sistemas de Apoio à Decisão da Unidade de Investigação Governança, Competitividade e Políticas Públicas (SAD/GOVCOPP), onde se discutiram os desafios que decorrem da necessidade de implementar novas políticas de habitação em Portugal. Foram ainda abordadas as metodologias e meios destinados a reunir informação que qualifique a construção das Estratégias Locais de Habitação (ELH).

A convite deste grupo, o Administrador da MatosinhosHabit, Tiago Maia, integrou o painel que discutiu as “Dimensões do Desafio para as Autarquias”, no âmbito do desenvolvimento das ELH, apresentando a abordagem metodológica definida para o município de Matosinhos, que será apresentada em finais de agosto de 2019. “A Estratégia Local de Habitação deve ser uma oportunidade para uma abordagem estratégica pensada da cidade/território, criando um quadro global de intervenção coerente e abrangente”, referiu Tiago Maia.

ELH – Matosinhos: A estratégia local, tirará partido das medidas criadas pelo Governo, no âmbito da Nova Geração de Políticas de Habitação, articulando-se também com as estratégias municipais na área da inclusão social, do desenvolvimento urbano, do ordenamento do território e da reabilitação urbana. A Estratégia Local de Habitação de Matosinhos integrará uma fase de diagnóstico, caracterização das necessidades e da oferta existente e um plano de ação que definirá os modelos de intervenção, as prioridades a adotar e o investimento necessário. Entidades públicas e privadas relevantes nesta área, serão igualmente envolvidas na concretização do plano global de execução.

Desta estratégia, farão igualmente parte novas respostas habitacionais que visam o acesso a arrendamento acessível para a classe média, residências partilhadas para o público jovem (estudantes) e sénior (serviços complementares) e a manutenção dos incentivos à reabilitação urbana para a criação de oferta no mercado de arrendamento e aquisição.

Toda esta implementação será monitorizada de modo permanente por uma comissão executiva que integra membros de diferentes unidades orgânicas da Câmara Municipal de Matosinhos, da  MatosinhosHabit, das uniões de freguesia, do centro de emprego e representantes da sociedade civil.

#matosinhoshabit #matosinhos #ELH #UniversidadedeAveiro #habitação